Notícias

Dec 8, 2011 5:26:00 PM

Imprensa visita obras em andamento em Chapecó

Os veículos de comunicação de Chapecó e região puderam acompanhar na manhã desta sexta-feira (12) o andamento de diversas obras realizadas pela Administração Municipal. O “Imprensa Fiscaliza???, como é chamado, foi dirigido pelo Prefeito José Caramori, acompanhado de secretários, vereadores e de representantes de entidades locais.

Durante o percurso, o Prefeito mostrou o estágio de obras nas áreas de infraestrutura, habitação, educação, esporte e lazer e assistência social. “Esta é uma ação tradicional do nosso governo. Ser transparente e mostrar à imprensa e a população chapecoense onde e de que forma estão sendo aplicados os impostos e recursos públicos. Chapecó é hoje um canteiro de obras, com investimentos em todas as áreas e nos mais diversos pontos da cidade e do interior, o que demonstra nosso comprometimento com todos, fazendo nossa cidade crescer e melhorando a vida de todos???, destaca o Prefeito José Caramori.

A programação de visitas incluiu os seguintes locais:


Distrito Industrial Flávio Baldissera

• As ruas internas possuem 1,9 km de extensão, que somadas ao acesso que liga à SC 480, na saída para o Rio Grande do Sul, totalizam 3,8 km de asfalto. Neste momento, o investimento é de R$ 3.595.000,00, que compreendem a pavimentação das vias e do trevo interno. O custo total da obra chegará a R$ 8 milhões, recursos previstos através do financiamento com o Fonplata, que também já asfaltou várias ruas nos bairros da cidade.
• Além disso, este não é um asfalto comum. É uma estrutura para suportar a movimentação intensa de caminhões pesados que vão passar pela rodovia, que também dá início a obra do futuro Contorno Viário Leste, que ligará a SC 480 ao acesso Plínio Arlindo De Nes, próximo ao Bairro Belvedere.


Ecoparque

• A Prefeitura de Chapecó iniciou no dia 25 de abril a obra de revitalização do Ecoparque. Os serviços estão em andamento e por causa do grande número de máquinas e de pessoas trabalhando, o local foi fechado para o público. A previsão para conclusão da obra é de cinco meses.
• Dentre os trabalhos a serem efetuados estão a recuperação da pista de caminhada; nova arborização; iluminação com instalação de postes e superpostes; colocação de novas lixeiras; construção de banheiros, áreas de convivência, playground para crianças, academia ao ar livre, pórtico de entrada, casa de administração, lago, ponte e bosque. As melhorias foram projetadas para atender a todas as faixas etárias, contribuindo para a qualidade de vida da população.
• O projeto de revitalização do Ecoparque está orçado em R$ 699.285,71, sendo R$ 500 mil do Governo do Estado e mais R$ 199.285,71 em contrapartida do município. Algumas etapas da revitalização já foram efetuadas pela Prefeitura de Chapecó. A macrodrenagem do córrego foi finalizada ainda no mês de agosto de 2010. Ao longo dos 450 metros de extensão foram construídas galerias e feita toda a impermeabilização do local, com estruturas de arames e preenchimento de pedras, os chamados Colchões de Reno. O investimento da Administração Municipal nesta etapa da obra foi de R$ 790 mil.


Contorno Viário Oeste

• Os trabalhos no Contorno Viário Oeste não param. A obra iniciou em fevereiro de 2009. Até agora, 55% dos serviços que compreendem o desmatamento, limpeza, drenagem, aterros, galerias, tubulação, terraplanagem e pavimentação asfáltica.
• A ponte sobre o rio Taquaruçu terá 130,33 metros de extensão, 11,57 metros de largura e 29,5 metros de altura. Está orçada em R$ 2.383.549,25.
• Depois de concluída, a obra vai ligar a Avenida Atílio Fontana (rótula da Sadia) à SCT 480 (ligação do estado do Paraná com o Rio Grande do Sul) e tem a intenção de melhorar e desviar o fluxo de veículos de carga pesada, que para seguir em direção ao Estado Gaúcho, trafegam pela rua General Osório, centro da cidade. No total, o Contorno vai ter 7,8 quilômetros de extensão e, incluindo a ponte, está orçado em R$ 11. 383.549,25 milhões.


Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso

• A Prefeitura de Chapecó realiza o cercamento de todo a pista do aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso e também adequações na pista de pouso e decolagem. O convênio, no valor de R$ 8,5 milhões.
• Os recursos estão sendo aplicados na ampliação da faixa preparada da pista atual, através da inclusão de uma faixa retangular que norteia a pista de pouso e decolagem, proporcionando áreas de escapes sem obstáculos.
• A obra de ampliação do pátio de estacionamento de aeronaves, outra exigência da Anac, já foi concluída, que passou de 6 mil para 17 mil metros quadrados. O valor total deste convênio é de R$ 1,9 milhões, sendo R$ 1,2 milhão do Governo do Estado e contrapartida de R$ 700 mil da Administração Municipal.
• A Prefeitura também realizou a ampliação da sala de embarque de passageiros. Depois de pronto, o local passou a ter capacidade para 200 pessoas sentadas. O espaço do aeroporto ficou em 1.173 metros quadrados, o dobro do que era. O ambiente também foi climatizado, oferecendo mais conforto aos 17 mil passageiros, em média, que utilizam o aeroporto de Chapecó todos os meses. Além disso, a estrutura tem banheiros adaptados para pessoas portadoras de necessidades especiais. A lanchonete do aeroporto também foi ampliada, para atender melhor o público. Foram investidos pela Prefeitura de Chapecó R$ 568.905,21.
• Na última sexta-feira (05), o Governador do Estado de Santa Catarina, João Raimundo Colombo, participou do Programa Almoço Empresarial da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). Na ocasião, Colombo anunciou recursos na ordem de R$ 9 milhões para o Aeroporto Serafim Enoss Bertaso, que serão aplicados na recuperação da pista de pouso e decolagem.


João Elói Mendes

• A Rua João Elói Mendes, o principal acesso ao bairro Santo Antônio, foi totalmente revitalizada pela Administração Municipal. A via recebeu diversos serviços que melhoraram a trafegabilidade e conferiram mais segurança aos motoristas e pedestres.
• Dentre as ações desenvolvidas esteve o recapeamento de toda a malha asfáltica da rua, em uma extensão aproximada de 1.200 metros. Serviços de drenagem pluvial para auxiliar no escoamento da água de chuva também foram efetuados. Além disso, foi realizada a pintura e sinalização das faixas da pista e de lombadas e a limpeza das áreas públicas. O investimento da Prefeitura chegou a R$ 254.796,64 e a inauguração da obra será no próximo dia 20 (sábado) às 11h.


Loteamento Monte Castelo

• Serão 472 unidades habitacionais (famílias beneficiadas) através do Programa Minha Casa Minha Vida. Serão apartamentos, com dois quartos, sala e cozinha, área de lazer e vagas de estacionamento. As obras iniciaram no ano de 2010 e a previsão de entrega será em dezembro de 2011. O valor total da obra é de 22.420,00 milhões de reais.
• Os critérios definidos para seleção são:
- Famílias residentes ou que tenham sido desabrigadas de áreas de risco ou insalubres (Portaria 140 - Ministério das Cidades);
- Famílias com mulheres responsáveis pela unidade familiar (Portaria 140 - Ministério das Cidades);
- Famílias inscritas que possuem renda per capita de até meio salario mínimo vigente;
- Famílias em situação de vulnerabilidade social (Politica Nacional de Assistência Social), a ser comprovada e documentada perante parecer social de Assistente Social do Município de Chapecó;
- Famílias residentes na territorialidade dos CRAS Palmital e São Pedro, mais próximos do empreendimento.


Banco de Alimentos

• O Banco de Alimentos é um programa onde se arrecadam alimentos provenientes de doações, por meio da articulação com a rede convencional de comercialização, armazenagem e processamento de alimentos. Esse equipamento contribui para o abastecimento alimentar de entidades que compõem a rede de promoção e proteção social municipal, além de combater o desperdício de alimentos;
• Hoje, o Banco atende mais de 9.000 pessoas/mês e distribui em média 25 toneladas de produtos (grande maioria oriunda do PAA e também recebemos uma doação mensal da Sadia de 820kg de carne de frango); Com a adequação do espaço haverá mais capacidade de armazenamento;
• O espaço tem 300,8 m2 divididos em locais para seleção, processamento, acondicionamento e estocagem dos alimentos, além de uma cozinha experimental de 17,56m2 para a realização de cursos e palestras voltadas a educação nutricional da população beneficiada.
• Construção da obra:
Valor: R$324.000,00
R$184.000,00 foram aplicados na obra.
R$140.000,00 foram destinados à aquisição de equipamentos, utensílios e material de consumo.
Links Relacionados