Background

Notícias

Secretaria de Saúde apoia campanha do "Janeiro Branco"

Compartilhar

O Janeiro Branco é uma campanha nacional que tem como objetivo a conscientização das pessoas quanto a necessidade de reconhecer a importância da saúde mental em suas vidas. O mês de janeiro é estratégico para essa campanha, uma vez que neste período do ano, as pessoas estão mais focadas em resoluções e metas, empenhadas em realizar mudanças na busca por hábitos mais saudáveis.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 1 bilhão de pessoas vivem com algum tipo de transtorno mental, dai a necessidade da implementação de políticas públicas que visem a promoção da saúde mental.

O município de Chapecó conta com os Centro de Saúde da Família para o atendimento de casos de menor complexidade e em casos de maior complexidade com a Rede de Atenção Psicossocial.

O Secretário de Saúde Jader Adriel Danielli reforça a importância do olhar cuidadoso às questões de saúde mental, e que a população busque os serviços disponibilizados pela rede de atenção à saúde sempre que necessário.

Maiores informações ou atendimento diretamente nos Centros de Saúde da Família de referência, ou nos seguintes endereços:

Centro de Atenção Psicossocial – CAPSi I: Atende crianças e adolescentes (até 18 anos incompletos) com transtornos mentais graves e persistentes, e os que fazem uso de álcool, crack e outras drogas. (R. Uruguai, 510d - Jardim Itália) ou pelo telefone: (49) 2049-9067

Centro de Atenção Psicossocial – CAPS II: Atende pessoas com transtornos mentais graves e persistentes.(R. Guarulhos, 620-712 - Passo dos Fortes) ou pelo telefone: (49) 2049-9074

Centro de Atenção Psicossocial – CAPS AD III: Atende pessoas adultas com necessidades decorrentes do uso de álcool, crack e outras drogas (R. Manira Terezinha Clenis Sarquis Sartori, 200 – Paraíso) ou pelo telefone: (49) 2049-9066

Unidade de Acolhimento – UA: Serviço complementar aos usuários acompanhados no CAPS AD III voltados para a reinserção social e fortalecimento de vínculos familiares enfraquecidos. (Rua Nicássio Portella Diniz, 43 D, bairro Jardim Itália) ou pelo telefone: (49) 2049-9016.